Imagin-ação


ahh…imaginação

…. palavra derivada de imagem que, por sua vez, vem do latim imago e quer dizer representação visual de um objeto; já em grego é representada por “eidos”, raiz da palavra idéia, significando a projeção da imagem da coisa pela mente humana. Parece complicado…

A complicação talvez esteja na importância que a visão tem para os homens, que assim são levados a acreditar que é verdadeiro aquilo que se vê. Daí a frase “mas eu vi!”, quando alguém manifesta incredulidade ou espanto diante de algo que é dito. “Mas eu vi” é uma forma de dizer que existe, que foi assim, que é verdadeiro. Ledo engano, que dá sentido à cegueira das figuras míticas de videntes e oráculos. Nada engana mais do que o olhar, porque o que se vê é sempre uma imagem projetiva da coisa pela mente.

Quem vê usa os olhos (ou não), mas usa todos os outros sentidos e, sobretudo, a capacidade humana de simbolizar, isto é, de representar algo em ausência. Se não fosse assim, como justificar quando dizemos a alguém no telefone: “Você está vendo?” Mas, mesmo quando vista com os olhos, a imagem se constitui numa ilusão de verdade.

Temos falado em incorporação tecnológica nos mais diversos setores, da engenharia à medicina, mas ela vai muito além disso, estamos incorporando tecnologia à forma de ser, pensar e viver humanas. Se a realidade já não era a coisa mais defensável da vida, que dizer agora, diante da realidade virtual, daquela que é mas não é. Nenhuma imagem é a coisa em si, logo ver é virtual.

É onde se esbarra na promissória em presta-ações (prestações) do que é a ilusão.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: