Sobre o "acaso" e Deus.

Os deístas e teístas tem o hábito de dizer: “se não foi Deus é o acaso”. Sinceramente, isso é ridículo, mas justificável.

Como a ciência não simplesmente explica alguma coisa, ela demora “um pouco” até chegar a certas respostas. Para a ciência é necessário entender, não somente explicar. Não há na ciêcia o termo ” isso aconteceu porque alguém quiz”, mas sim: ” isso influenciou nisso e nisso dessa e daquela maneiras para que aquilo acontecesse. O processo envolveu … … … “. Até se chegar a estas conclusões demanda-se de tempo, muito tempo as vezes. Enfim, deve ter dado pra entender.

A ciência ao longo do tempo vem encontrando mais e mais respostas para coisas antigas e novas. Para as que ainda não temos respostas, “é Deus quem fez”. Quando encontramos para isso a resposta, “ahhh! Foi isso que aconteceu para que isso existisse, e foi por causa disso”. Se não for assim, é o acaso. Atribuir ao acaso é um atestado de ignorância. Muitas coisas ao longo da história foram atribuídas a Deus ou ao acaso, mas com o desenrolar das coisas, foi-se explicando de outro modo, assim sempre foi, assim sempre será. Exemplos não faltam. Volte na antiguidade e pergunte sobre coisas que só agora temos explicações e isso prova o que digo. Um exemplo bem tosco, volte na antiguidade e pergunte sobre esta caixinha de várias cores que tem dentro dela a voz de outra pessoa cantando, tem instrumentos como o teclado, que funciona devido a uma força estranha, misteriosa que é gerada nas turbinas de um lugar chamado hidroelétrica ( será que em 1500 sabiam o que é hidroelétrica e eletricidade? ), e além disso ainda dá pra digitar nela textos e enviar para pessoas, além de fotos coloridas ( olha só que legal! Nicéphore Niépce, em 1920 adoraria isso). E além disso tudo, ainda dá para falar com outra pessoa do outro lado do mundo. ( Será que isso teria ajudado a colonização e comércio do Brasil naquela época? ).

O que hipócrates diria do tratamento que temos hoje para pacientes cardíacos?Como alguém de sua época explicaria o vírus da Aids? Um castigo divino? E o derrame? Etc.

Não importa o quanto a ciência avance, ela nunca vai conseguir provar que Deus não existe. Sempre aparecerão novas coisas enquanto a ciência estuda, “Deus explica”. Sempre haverão novas dúvidas, novos problemas dos quais a ciência demandará de tempo para explicar. Quanto tempo mesmo foi necessário até conseguirem tecnologia o bastante para levarem o homem a lua? E para descobrirem que o cérebro é capaz de se auto regenerar? Quanto tempo foi necessário para descobrir que a depressão, abaixa o sistema imunológico e deixa a pessoa mais propensa a doenças ? Aliás, quanto tempo levaram para descobrir que o corpo é capaz de se curar sozinho de algumas coisas? Curas inexplicáveis, são todas atribuídas a “Deus!?” . Quanta coisa já não foi atribuída e já explicada depois de algum tempo? Como mesmo era chamado o transtorno do panico e a ezquizofrenia a algumas centenas de anos atrás? Quando algum teísta ou deísta diz que Deus cura ou faz tal coisa porque a ciência não explica é para mim como se ele assinasse um atestado de ignorância. Mas fazer o que? Talvez eu viva tempo o bastante para ver nascer “do nada” científico uma outra explicação que prove. Agora acho que já é demais explicar como é que o método científico prova algo.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: